Skip to main content

TI sustentável é a espinha dorsal de um futuro mais verde

Para entender a perspectiva deles quando se trata de TI sustentável, para o último relatório do Capgemini Research Institute –  Sustainable IT: Por que é hora de uma Revolução Verde para a TI da sua organização  – entrevistamos 1.000 organizações e falamos com executivos de TI, profissionais de sustentabilidade e outras.

Descobrimos que o TI sustentável não é uma prioridade para a maioria das organizações – apenas 43% dos executivos estão cientes da pegada de TI de sua organização. Enquanto metade das organizações possui uma estratégia de sustentabilidade para toda a empresa, apenas 18% possuem uma estratégia abrangente, com metas e prazos bem definidos. Além disso, 49% carecem de ferramentas para adotar e implantar soluções e 53% carecem de expertise. Isso deixa apenas 6% para colher as oportunidades de desempenho significativas, incluindo melhores pontuações ESG e imagem de marca e satisfação do cliente aprimoradas, resultantes de uma alta maturidade em termos de TI sustentável.

A TI sustentável é um elemento crítico da recuperação pós-pandemia. Para alcançá-lo, as organizações precisam de uma estratégia informada, funcionários e liderança engajados e arquitetura de software sustentável. Isso não apenas deixará uma pegada mais verde, mas também liberará o potencial das tecnologias inteligentes para impulsionar inovações ambientais e melhorias no desempenho da sustentabilidade.

A TI sustentável é a espinha dorsal de um futuro mais verde. Para obter mais informações sobre como incorporá-lo à sua organização,  baixe o relatório . Mais importante ainda, esteja bem e concentre-se no futuro que deseja.