Skip to main content

O que faz um profissional de marketing se diferenciar e, melhor, criar estratégias vencedoras para sua marca em um mercado tão competitivo? Conversei com o Antonio Guerardi, CMO da Unidas, uma das maiores locadoras de veículos do país, e ele nos contou algumas curiosidades da construção deste case!

 

Thiego Goularte: Antonio, no que você está trabalhando, atualmente?

Antonio Guerardi: Atualmente estou atuando como CMO e diretor de Customer Experience e atendimento da Unidas.

Thiego Goularte: Você trabalhou em algumas das maiores marcas do setor que você está atualmente, como isso te influenciou a ser o profissional que você é hoje?

Antonio Guerardi: Tem sido um prazer muito grande participar da história da companhia por tanto tempo. Estou na Unidas a cerca de 10 anos e em todo esse tempo tive incontáveis oportunidades de aprendizado, e isso para a minha posição é muito importante, sabemos que processos de marketing, mídia, transformação digital mudam com muita velocidade, e estar em uma empresa que fomenta a evolução e o desenvolvimento proporciona uma atmosfera de evolução muito boa. Essa talvez seja a maior contribuição para uma gestão mais dinâmica e colaborativa, focado no desenvolvimento de jornadas ainda melhores para o cliente.

Thiego Goularte: Você está em um mercado muito competitivo, como tem sido esta transformação digital que este mercado vem passando?

Antonio Guerardi: Hoje estamos inseridos no setor de serviços, mais precisamente no setor de locação. E por muitos anos foi um setor sem grandes picos de transformação. No entanto, nos últimos 5 anos, temos tido um novo patamar para as locadoras, com processos mais modernos, inclusão de autosserviço e experiências multicanais mais consistentes, com menor fricção para o cliente. Sem contar a própria necessidade do cliente que vem se aprimorando e exigindo mais do nosso setor. Hoje já temos clientes que compram seu carro 100% online e recebem na comodidade da sua casa e clientes que optaram por deixar de ter carros próprios e fizeram assinaturas, e querem resolver todos os processos em um aplicativo no seu smartphone. Nosso setor tem passado por transformações constantes e acredito que estamos só começando.

Thiego Goularte: Em um ano super atípico, devido ao momento pandêmico, o papel do CMO também mudou?

Antonio Guerardi: Sem dúvida alguma. Precisamos mudar rapidamente nosso mindset e fomentar uma jornada mais digital para nossos clientes, e fortalecer argumentos de transparência e confiança. Foram diversos desafios, desde ações envolvendo reputação da empresa, novos processos de mídia, construção de novas jornadas e transformação digital, entre outros. Mas acredito que nosso papel não mudou totalmente, apenas desenvolvemos novas habilidades e prioridades, calibramos o papel do CMO, bem como de muitas outras áreas dentro das companhias em geral.

Thiego Goularte: Vocês estão trabalhando com o time remoto? Se sim, como têm sido a troca com a equipe?

Antonio Guerardi: Sim, desde o início adotamos o home office, as equipes reagiram muito bem, criamos incentivos para dar infraestrutura adequada para que todos pudessem trabalhar remotamente. Claro que ainda sentimos falta de encontros presenciais, e por isso estabelecemos alguns encontros mensais, dentro de todas as regras sanitárias recomendadas e estamos atentos às novas recomendações.

Thiego Goularte: Após a pandemia, você acha que os profissionais de marketing irão mudar conceitos sobre mercado, consumidor e afins?

Antonio Guerardi: Acredito que essas mudanças já estão acontecendo, e esse é um caminho sem volta, aceleramos algumas tendências por motivos de força maior. Mas o nosso consumidor ficará cada vez mais digital e, com o avanço da disponibilidade de internet de qualidade (5G) no país, será ainda mais exponencial esse processo de transformação digital de consumidores e empresas.

Thiego Goularte: Você trabalha atualmente com agencias? Se sim, como têm sido a relação já que também é uma parte do ecossistema que vem sofrendo muitas transformações?

Antonio Guerardi: Há alguns anos, 3 anos ou mais, adotamos um formato de agência in-house, esse é nosso modelo predominante e usamos agências apenas para entregas pontuais, como o desenvolvimento de campanhas de TV.

Thiego Goularte: Qual skill será primordial para o profissional de marketing de agora em diante?

Antonio Guerardi: A capacidade de testar e medir, testing and learning. Além de competências de relacionamento, engajamento e influência.

Thiego Goularte: Você é uma liderança e tem uma posição de C-Level em uma empresa enorme. Qual foi a coisa mais corajosa que você já fez e que você se orgulha?

Antonio Guerardi: Tenho orgulho de muitas coisas, desde a implantação de CRM, lançamento de sites, projetos de novas mídias e parcerias, como influenciadores, desenvolvimento de projetos de SEO e conteúdo, grandes projetos de mídia, incentivo ao esporte, cultura e ESG em geral, além de ajudar a construir uma cultura de atendimento e cliente cada vez mais forte.

Thiego Goularte: Qual é o conselho que você daria o Antonio mais jovem?

Antonio Guerardi: Te conhecer e participar do Makers antes! Brincadeiras à parte, acredito que alianças e benchmarking são coisas muito importantes que abrem a mente e oferecem atalhos. Então, desenvolver boas conexões e aproveitar todas essas oportunidades no máximo possível, é um ótimo conselho.